Trio vegetal

R$ 98,00

Um kit de tinta com cores extraídas da natureza!

É isso mesmo! Trazemos para os #arteiroscoticoa as cores primárias amarelo, vermelho e azul produzidas com pigmentos vegetais, de plantas tintoriais nativas e/ou cultivadas no Brasil (fontes renováveis). Isso significa que enquanto estiver criando e fazendo arte, você ainda ajuda o meio ambiente. Ao usar matérias-primas naturais, sustentáveis e biodegradáveis, ajudamos a reduzir a contaminação do planeta.

Além de outras aplicações sobre tecido, a tinta vegetal é companheirona do nosso kit de serigrafia: tem consistência fácil de aplicar, rende um montão, além de ter um cheirinho super gostoso.

E tem mais, na compra do Trio você GANHA uma sacola de algodão para customizar e chamar de sua! Demais, não é mesmo? Então, mãos à obra!

Em estoque

Contém
  • 3 potes de tinta vegetal com 80 g cada
  • 3 espátulas de madeira
Características

Tamanho da embalagem: 18,5 x 7 x 7 cm (l x a x p)
Peso: 330 g

Tinta vegetal à base de água.
Cores primárias: amarelo (pigmento de lutéola), vermelho (pigmento de rúbia) e azul (pigmento azul indigotina).
Composição: pigmento, água, resinas e gomas vegetais e conservantes naturais.
Solúvel em água.
Tinta para tecidos claros, de fibras vegetais – base celulose (algodão, linho, cânhamo, também viscose e Tencel).
Adequado também para crianças.
Conservação: em local seco, arejado e isento de luz.

 

Pequeno glossário serigráfico

Serigrafia: técnica de impressão através de uma tela de tecido.

Tela: um pedaço de náilon ou seda muito esticado em um quadro com moldura de madeira ou alumínio.

Estêncil: recorte do desenho (feito em papel ou outro material) para criar áreas de impressão.

Rodo: instrumento que, quando pressionado sobre a tela, faz a tinta vazar e imprimir o desenho.

Tcharam: momento mágico em que você levanta a tela e vê como é lindona a arte impressa com as suas mãos.

Informação adicional

Peso 500 g
Dimensões 23 x 15 x 8 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Trio vegetal”